terça-feira, fevereiro 26, 2013

sábado, fevereiro 23, 2013

Exército chadiano envolvido em confrontos no norte do Mali | euronews, mundo

Exército chadiano envolvido em confrontos no norte do Mali | euronews, mundo
O exército do Chade divulgou que matou 65 militantes ligados à Al Qaeda em confrontos nas montanhas de Adras des Ifoghas, perto da fronteira com a Argélia, no norte do Mali
Na mesma informação consta a morte de treze soldados chadianos. Trata-se do golpe mais grave sofrido pelas tropas africanas e francesas desde o início da operação militar contra rebeldes islamitas há seis semanas.
A França interveio militarmente no Mali para anular a ofensiva dos rebeldes islamitas em direção à capital, Bamaco.
Desde então países africanos enviaram soldados para o Mali, com destaque para o Chade com uma força de 2000 operacionais.
A persistência da violência desde que os islamitas foram expulsos de grandes áreas urbanas aponta para o risco de as forças francesas e africanas se envolverem numa guerra de guerrilha confusa ao tentarem ajudar o exército maliano a conter os ataques dos rebeldes.
  •  Ore por constantemente por o povo de Mali em nome de Jesus

sexta-feira, fevereiro 22, 2013

Alegria e expectativas para a Igreja no Mali

Alegria e expectativas para a Igreja no Mali
Um mês após o ataque francês, as tropas do Mali e da África recuperaram o controle das principais cidades do norte do país, anteriormente ocupadas por grupos armados islâmicos. A operação liderada pelos franceses começou em 11 de janeiro, após uma tentativa de militantes avançarem para o sul.
"Todo o país ficou abalado quando soubemos que os muçulmanos estavam avançando para o sul", disse Mohamed Ibrahim Yattara, um líder de igreja em Bamako, para a agência de notícias World Watch Monitor (WWM).
Um ano atrás, ele e sua família fugiram de Timbuktu, no nordeste e se dirigiram para a capital, no sudoeste do país. Como ele, milhares de malineses buscaram refúgio no Sul e outros no Níger, Burkina Faso e Mauritânia.
"Para nós, que fugimos de nossas casas e de nossas cidades nos últimos meses, a vitória dos muçulmanos sobre as forças armadas e de segurança tem despertado pensamentos dolorosos e torturantes. Nossas mentes estavam cheias de más lembranças de saques e destruição de nossos lares e instituições", disse ele.
Por quase um ano, os grupos islâmicos armados impuseram uma estrita lei (sharia) nas regiões sob seu controle. Intimidação, ameaças e mutilação tornaram-se práticas comuns. Outras religiões foram proibidas; locais de culto e igrejas foram depredados e saqueados.
"De repente, todas essas memórias desapareceram e se transformaram em um sonho quando ouvimos com grande alegria sobre a intervenção do exército francês. A então chamada de 'a crise no Mali' foi amenizada", disse Yattara, que também é o diretor de um instituto de treinamento bíblico, em Timbuktu.
Apesar de recuperar a liberdade, o povo do Mali enfrenta novos desafios criados pelo controle islâmico. Nove meses de ocupação deixaram o norte do país dilacerado, precisando ser reconstruído. Edifícios públicos, incluindo escolas, postos de saúde, monumentos antigos, hotéis e restaurantes foram extremamente danificados.
Grupos de direitos humanos acusaram o exército de atacar civis. Segundo relatório publicado em 1º de fevereiro pela organização Human Rights Watch, as forças do governo malinês têm combatido "grupos étnicos formados por árabes de pele clara e os tuaregues, supostamente associados com os rebeldes". O governo do Mali negou as acusações e condenou publicamente os ataques retaliativos.
O Mali ocupa a 7ª posição na Classificação de países por perseguição (WWL) de 2013, ranking dos 50 países onde a perseguição aos cristãos é mais severa. A lista é publicada anualmente pela Portas Abertas Internacional.

22 trucos para evitar los ataques de drones: Hallan en Mali una guía secreta de Al Qaeda

22 trucos para evitar los ataques de drones: Hallan en Mali una guía secreta de Al Qaeda: Una guía con 22 puntos para evitar los ataques de aviones no tripulados ha sido hallada por unos periodistas en Mali.

Combates no norte do Mali

Graça e Paz do Senhor queridas e queridos, aqui no Mali a situação de combates esta tomando um novo rumo, ontem e hoje aumentou muito.
Entre 15 e 20 islamitas morreram e dois soldados franceses e quatro malineses ficaram feridos nos combates de quinta-feira (21) em Gao, norte de Mali, informou o Estado-Maior da França.
  • Ore pelas famílias do norte e refugiados.
  • Ore pela paz no Mali.
  • Ore para a Palavra de Deus seja semeada nos corações do povo.

segunda-feira, fevereiro 18, 2013

Víctima de amputação

Em novembro, Alzouma estava viajando de moto entre a sua cidade natal e Gao quando os jihadistas o prenderam e o acusaram de espionagem. Alzouma negou qualquer tipo de envolvimento, e disse que estava parado sozinho na estrada, pois estava trocando uma vela do motor de sua moto que estava com defeito. Mais tarde, os extremistas disseram que testemunhas o viram invadir uma loja das redondezas.
Issa Alzouma
Ele disse que não houve julgamento. Um vizinho mais tarde veio à sua casa para dizer a sua esposa, Fatimata, que sua mão havia sido amputada. Ela não sabia como iria explicar a seu filho Ousmane de 7 anos que seu pai havia perdido sua mão. Quando foi visitá-lo no hospital, Ousmane chorou ao ver o toco do braço de seu pai enfaixado.
Depois de sua amputação, Alzouma comprou à sua esposa um véu com as doações que receberam. Ela só o vestiu uma vez para ir ao mercado antes da missão francesa expulsar os rebeldes islâmicos . Hoje, ela envolve a cabeça em um pano de cor azul-petróleo e observa que mais do que nunca é pressionada a abandonar a cabana da família.
Pequena, mas persistente, Fatimata agora carrega o peso da responsabilidade para o futuro de sua família, embalando carvão em sacos plásticos para vender para sustentar seu filho e marido. Os jihadistas queriam manter as mulheres em casa, mas, ironicamente, a amputação mudou a dinâmica dos papéis de gênero, com Fatimata agora saindo para trabalhar, enquanto Alzouma fica em casa se recuperando e ajudando a cuidar das crianças.
Alzouma não consegue comprar medicação para dor. Ele retorna a cada 10 dias para o hospital para que cuidem de seu curativo. Ele espera que um dia consiga obter uma prótese que lhe devolverá algumas habilidades. Ele sabe, porém, que não será capaz de cavar o cascalho como fazia antigamente.
"Todo dia quando rezo pergunto a Deus: 'o que posso fazer para sobreviver? Como posso sustentar minha família?'", disse.
Os militantes disseram que cortaram sua mão seguindo a lei islâmica. Alzouma, porém, disse que submeter ele e seus filhos a uma vida de pobreza não está de acordo com sua fé. "Eles disseram que eram muçulmanos, mas não eram", disse. "Eles são criminosos."
Por Krista Larson

sábado, fevereiro 16, 2013

Documentos de guerra

A verdade e fatos reais no norte.
Foram encontrados no Mali, escondidos numa pilha de papéis e lixo, documentos da Al-Qaeda com a estratégia militar da rede para o país africano.
O relatório de 9 páginas encontrado e divulgado pela agência Associated Press é anterior à intervenção militar francesa de Janeiro e revela que a organização extremista já a previa e até esperava uma derrota, dada a vulnerabilidade dos combatentes no terreno.
Entretanto, as autoridades francesas já anunciaram que pretendem começar a retirar os militares do Mali a partir do próximo mês.

Mali e alguns dados

Mali ou Máli cujo nome oficial é República do Mali, é um país africano sem saída para o mar na África Ocidental. Mali é o sétimo maior país da África. 
Área: 1.240.000 km²
Governo: Semipresidencialismo, Estado unitário, República
População: 15.839.538 (2011) 
Língua oficial: Língua francesa
PIB: 10,59 bilhões USD (2011)
Moeda: Franco FCA 
Fuso Horario: (UTC+0)
Clima: Árido, semiárido e tropical
Indicadores sociais
-Esperança de vida: 54,5 anos
-Mort. Infantil: 128,5 /mil nasc.
-Alfabetização: 24,0 %
Independência da França: 22 de Setembro de 1960
Fronteira: Argélia, Níger, Burkina Faso, Costa do Marfim, Guiné, Senegal e Mauritânia.
Religião: 90% dos malienses são muçulmanos, e a maioria destes são sunitas. 5% da população é cristã (dois terços católica e o resto protestante) 5% correspondem a crenças animistas tradicionais.


quinta-feira, fevereiro 14, 2013

Eleição presidencial em Mali

A realização de eleições confiáveis é a principal exigência de governos ocidentais que apoiaram a intervenção francesa na sua ex-colônia, o que foi um golpe para militantes islâmicos aliados da Al Qaeda que buscavam realizar ataques na região e no Ocidente.
"O primeiro turno da eleição presidencial será no primeiro domingo de julho", disse o ministro da Administração Territorial, Moussa Sinko Coulibaly, numa entrevista coletiva em Bamako, a capital.

 Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.
Hebreus 4:16


terça-feira, fevereiro 05, 2013

O Senhor é fiel

Boa noite queridas e queridos. Graça e paz do Senhor.
Estamos muito alegres por o Senhor é fiel e verdadeiro no Mali.
A França planeja começar a retirar suas tropas do Mali a partir de março e vai concentrar suas operações na localização de rebeldes islâmicos no norte do país, disse em entrevista ao jornal 'Metro' o chanceler Laurent Fabius, nesta terça-feira (5).
hoje estamos recebendo noticias boas no norte do país e nosso coração bate de alegria e gratidão e a paz esta voltando ao Mali.
O Ministério da Defesa informou que as forças francesas controlavam o aeroporto e que 1.800 soldados do Chade estavam na cidade para garantir a segurança. Le Drian garantiu em entrevista para a emissora BFM TV que já é possível afirmar que Kidal foi totalmente recuperada.


 E não nos cansemos de fazer bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido.
Gálatas 6:9

sábado, fevereiro 02, 2013

Uma nova oportunidade




Queridas e queridos amigos, graça e paz do Senhor, hoje em Bamako foi de muito movimento com a visita do presidente de França e na cidade de respirava um ar de alegria para todos. como é bom ter boas noticias. Hoje Mali esta novamente junta e com novos desafios para solucionar prontamente. 
Temos uma nova oportunidade de ajudar agora ao povo, com respeito e novas alternativas para continuar caminhando juntos. Podemos transformar vidas e abrir portas através da oração.

E estava ali um homem que, havia trinta e oito anos, se achava enfermo. Jesus disse-lhe: Levanta-te, toma o teu leito, e anda. Logo aquele homem ficou são; e tomou o seu leito, e andava. E aquele dia era sábado. 
João 5:5,8,9

sexta-feira, fevereiro 01, 2013

Tormenta de Areia em Bamako

Bom dia! Queridos e queridas, iniciamos o mês de Fevereiro em Bamako com tormenta de areia na cidade, hoje pela manhã esta frio e com muita poeira mas estamos bem. Sabemos pelas noticias do norte que ontem o exercito de Mali esta em Kidal, oramos pelas pessoas que estão refugiados em outros países vizinhos a necessidade é enorme. Também temos pena pela morte de dois soldados do país na operação militar. Hoje estará com maior controle militar na zona.


Pela fé entendemos que os mundos pela palavra de Deus foram criados; de maneira que aquilo que se vê não foi feito do que é aparente.
Hebreus 11:3